Polícia encontra carro abandonado em Paris com várias botijas de gás

Soldados franceses patrulham a catedral de Notre Dame em Paris no dia 15 de agosto de 2016- AFP  Arquivos

Soldados franceses patrulham a catedral de Notre Dame em Paris no dia 15 de agosto de 2016- AFP Arquivos

Duas pessoas foram detidas nesta quarta-feira depois que um carro estacionado perto da Catedral de Notre Dame, em Paris, foi encontrado sem as placas de identificação e com sete botijões de gás em seu interior.

De acordo com fontes ligadas à investigação, a procuradoria anti-terrorismo francesa abriu uma investigação preliminar.

As mesmas fontes indicaram que a polícia não encontrou detonadores no carro. O proprietário, que entretanto ficou sob custódia policial, tem o nome numa lista dos serviços de informação onde constam outras pessoas suspeitas de promover a radicalização religiosa, informaram as autoridades. Ambos estavam referenciados pela polícia.

Os botijões não estavam ligados a nenhum detonador, mas, mesmo assim, a polícia investiga o caso.

Carro com botijões de gás é encontrado em Paris- AFP
2 de 2 Carro com botijões de gás é encontrado em Paris- AFP

Polícia encontra carro com botijões de gás perto da catedral de Paris; dois detidos Últimas notícias - 07/09/2016 08h12    .

Segundo o "Fígaro", o diretor-geral da segurança interna, Patrick Calvar, já tinha alertado em maio que a próxima estratégia do autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) podia passar pela explosão de carros armadilhados em França.

No dia 14 de julho, 86 pessoas morreram atropeladas por um caminhão em Nice durante as celebrações do Dia da Bastilha.

Nos dias 7, 8 e 9 de janeiro de 2015 foram registrados ataques na França contra a revista satírica Charlie Hebdo e um supermercado kósher de Paris, que deixaram 17 mortos.