Atlético Nacional faz homenagem em estádio e horário marcados para a final

Reprodução  Facebook

Reprodução Facebook

O Atlético Nacional, que disputaria a decisão da Copa Sul-Americana diante da Chapecoense nesta quarta-feira (30), no Atanasio Girardot, fez um pedido formal para que a equipe brasileira seja declarada campeã do torneio continental. Nós queremos que declarem esta equipe como campeã; conversamos entre nós.

- Tomaremos isso como aviso de Deus para seguir melhorando nossa vida pessoal, seguir acreditando em nós mesmos. E a grande alegria da nossa cidade do oeste catarinense no futebol é a Chapecoense. E para esperarmos a determinação da Conmebol. O Atlético Nacional venceu neste ano a Copa Libertadores e está também se preparando para o mundial de clubes da Fifa.

Além de marcar uma homenagem na quarta-feira, no horário em que seria disputada a final, o clube reuniu os jogadores para uma oração. O avião que levava a delegação para o primeiro jogo da decisão caiu próximo a Medellin, na Colômbia, e a maior parte dos ocupantes morreu.

Depois do velório coletivo na Arena Condá, o presidente em exercício da Chapecoense, Ivan Tozzo, confirmou que Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) vai confirmar que o clube catarinense ficará mesmo com o título da Copa Sul-Americana. Estamos consternados, tristes e doídos com essa situação, por esta tragédia que deixa o futebol de luta. Lastimavelmente aconteceu com eles.

A ideia inicial de entregar o troféu para a Chape mesmo sem a realização da final partiu justamente do Atlético Nacional, que postou a vontade em seu site no dia seguinte ao acidente.

"A polícia nacional já se encontra no local do acidente e está providenciando toda a ajuda necessária", acrescentou a gerência do aeroporto.