Grimaldo, André Horta e Eliseu falham último treino antes do Nápoles

Grimaldo

Grimaldo

Saímos de Nápoles no último lugar e agora estamos à beira de passar. "Temos de jogar no red -line", sublinhou o técnico dos encarnados durante o lançamento do embate desta terça-feira, na Luz. Há que revelar níveis de concentração elevados.

Segundo o jornal A Bola, as dores que o jogador tem sentido na zona da púbis têm sido cada vez maiores, pelo que continua uma incógnita o seu regresso aos treinos sem limitações. "Queremos passar aos oitavos-de-final e só a vitória interessa para dependermos apenas de nós", afirmou o brasileiro ao site da UEFA, que apesar da indefinição sobre o futuro da equipa na prova milionária, destaca a boa campanha que tem sido feita e do papel do técnico Rui Vitória. Vai ser um jogo difícil e complicado, mas vamos entrar com uma determinação e convicção grandes. Acredito que cá virão para disputar o jogo no campo todo. Não podemos ser demasiado atrevidos porque o Nápoles é uma das equipas do 'top-3' de Itália. "Em 15 jogos [de Liga dos Campeões] marcámos em todos e, praticamente, contra todos os adversários", explicou. "Amanhã vem aqui discutir o jogo com o Benfica e nós temos de perceber o que temos de fazer". Os dois primeiros não fazem parte das opções do treinador Rui Vitoria para o jogo da Champions, enquanto se mantêm as dúvidas em relação ao lateral espanhol. Dependemos de nós, tal como o Nápoles.