Levir Culpi se coloca à disposição da Chapecoense

Levir Culpi se oferece para treinar a Chapecoense até o fim do Catarinense 2017

Levir Culpi se oferece para treinar a Chapecoense até o fim do Catarinense 2017

"Porém, essa é uma escolha que cabe ao Clube, ao seu tempo", completou. Mas o prazo dado pelo técnico, até o fim do Campeonato Catarinense, pode ser um empecilho. Mas ainda não temos nada em razão de que ele fala em período, e nós precisamos iniciar o trabalho e levar até o fim do ano. "Nossa ideia é formar o departamento de futebol e fazer um time para jogar o Estadual". Vamos voltar a sorrir, com certeza - disse Ivan Tozzo, presidente da Chapecoense.

Levir está sem clube desde novembro, quando foi demitido do Fluminense.

O último título do treinador foi a Primeira Liga, com o Fluminense, no primeiro semestre deste ano. Além disso, levou o alvinegro de Belo Horizonte de volta a elite do Brasileirão em 2006 e também conquistou a Recopa Sul-Americana pelo Galo em 2014. De 2007 a 2013, treinou o Cerezo Osaka, do Japão.

Por meio de sua página no Twitter, Levir Culpi se dispôs a trabalhar na Chapecoense de forma voluntária, sem receber salários, se colocando como opção para a diretoria do clube analise a possibilidade de contar com seu trabalho e experiência no cargo. A equipe perdeu a maioria do elenco e comissão técnica em acidente aéreo na Colômbia.

- É claro que a maior preocupação agora é com as famílias dos jogadores, mas eu queria estar à disposição, se a Chapecoense achar necessário, de consulta para falar de técnicos, jogadores e isso seria um prazer enorme.