PSP: Dois argelinos que fugiram do aeroporto de Lisboa detidos

Aeroportos. Lisboa Porto e Faro foram os que mais cresceram na Europa

Aeroportos. Lisboa Porto e Faro foram os que mais cresceram na Europa

Segundo um comunicado do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, o argelino Hichem Guellil fica sob custódia do SEF no Centro de Instalação Temporária desta força de segurança, "para condução ao país de origem", o que deverá ocorrer no "mais curto espaço de tempo".

Os dois argelinos que fugiram na quinta-feira à tarde do aeroporto de Lisboa foram detidos, nesta sexta-feira, na estação Gare do Oriente, durante a madrugada.


O tribunal considerou, relativamente a este suspeito, que existia "sério e concreto risco de fuga, comprometendo a evolução do processo a que deu início com a sua detenção".

No que diz respeito a Mechani, este ficará a aguardar no centro de instalação temporária "os ulteriores termos do processo".


O elemento da PSP refere que os dois homens "não ofereceram resistência". Hugo Palma explicou, ainda, que como a situação é recente as autoridades ainda não conseguiram perceber o que falhou na operação permitindo a fuga dos dois argelinos.

"A Polícia de Segurança Pública informa que hoje (sexta-feira), cerca das 00H30, na estação do Oriente, uma Equipa de Investigação Criminal de Lisboa interceptou os 2 homens argelinos que haviam fugido ao final da tarde de ontem do Aeroporto Humberto Delgado".


Em outubro de 2016, o SEF e a PSP impediram a fuga de três passageiros chegados ao aeroporto de Lisboa num voo proveniente de Marrocos, numa ação que levou à detenção de seis cidadãos do norte de África que viajavam num voo oriundo de Casablanca, em Marrocos, com destino a Argel, capital da Argélia, com escala em Lisboa. Uma vez em junho e outra em julho, dois marroquinos tentaram fugir do aeroporto de Lisboa, vindos de Casablanca com destino ao Brasil.