Caixa poderá abrir agências aos finais de semana para saque do FGTS

Trabalhador poderá usar Cartão Cidadão para sacar dinheiro na Caixa

Trabalhador poderá usar Cartão Cidadão para sacar dinheiro na Caixa

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) vê com bons olhos a iniciativa do governo federal em autorizar, via Medida Provisória, o depósito nas contas vinculadas dos trabalhadores de 50% dos lucros obtidos nas operações realizadas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a título de distribuição de resultados.

O início dos saques - que obedecerão dia e mês de nascimento dos trabalhadores - pode começar no dia 10 de março.

Tem direito a sacar o dinheiro do FGTS o trabalhador que teve um contrato de trabalho finalizado até 31 de dezembro de 2015 e tem saldo em uma conta inativa. Basta acessar www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/contas-inativas ou usar o aplicativo do FGTS, o internet banking e os terminais de autoatendimento, com o Cartão do Cidadão (que exige uma senha cadastrada).

É possível procurar uma agência do banco neste link e comparecer pessoalmente, com o NIS, para consultar o saldo disponível.

A medida - que também permite ao trabalhador sacar o dinheiro de contas inativas do FGTS - foi publicada dia 23 de janeiro no Diário Oficial da União. Desde o fim do ano passado, o governo prometeu liberar os saques de quem pediu demissão ou foi mandado embora, até 31 de dezembro de 2015, mas ainda não detalhou o cronograma. Para os defensores da ideia, os saques não vão causar impacto significativo no saldo do FGTS, que é da ordem de R$ 380 bilhões.

Existe também o total de contas sem nenhum dinheiro de aproximadamente 10,7 milhões, isso significa que mais da metade dos trabalhadores que possuem contas inativas no fundo não receberam nem sequer um centavo.

"Claro que há preocupação [em atender os trabalhadores que sacarão o FGTS]".