"O Arsenal marcou um golo de andebol" — Marco Silva

Premier League. Marco Silva com

Premier League. Marco Silva com"boas memórias do Arsenal

No final do encontro, Marco Silva, técnico do Hull, revelou que o árbitro pediu desculpas aos seus jogadores pelo sucedido: "2-0 não reflete a história do jogo". Contudo, anotou o primeiro com a mão.

Abrindo a 25ª rodada do Inglês, o Arsenal protagonizou duelo movimentado contra o Hull City no primeiro tempo.

No caso do Arsenal, os pupilos de Arsène Wenger subiu provisoriamente ao terceiro lugar com 50 pontos, os mesmo que o Tottenham. Ligeiramente superior, o time da casa criou maiores oportunidades de gol.


No entanto, aos 33 minutos, os Gunners conseguiram abrir o placar.

Depois de um bate-rebate na pequena área, Sánchez completou para as redes com a mão direita, praticamente em cima da linha.

Na segunda etapa, mais lenta, o Arsenal voltou a contar com a atuação decisiva do chileno, que vinha sendo criticado pela torcida nas últimas semanas. O segundo gol saiu já nos acréscimos. Em contra-ataque rápido, Sánchez passou por Jakupovic e cruzou para Lucas Pérez cabecear com o gol aberto.


Revestiu-se de polémica a derrota que pôs fim à série de bons resultados do Hull City, de Marco Silva, na Premier League. O chileno é o artilheiro isolado do Inglês - Romelu Lukaku, do Everton, tem 16.

O Hull City não conseguiu somar pontos no terreno do Arsenal, este sábado, mas terminou o jogo com razões de queixa da arbitragem.