Sporting. Jesus ironiza sobre o tema Palhinha e fala em... "cotovelite"

Jesus espera a mesma qualidade de jogo demonstrada no Dragão

Jesus espera a mesma qualidade de jogo demonstrada no Dragão

Em conferência de imprensa de antevisão da partida com o Moreirense, a contar para a 21.ª jornada da Liga NOS, o técnico lenino assegurou que a sua equipa continua envolvida na corrida, sem deixar de admitir que "há outros objetivos a conquistar", em virtude dos 13 pontos de diferença para o líder Benfica (mais um jogo) e nove para o FC Porto.

Jorge Jesus anteviu este sábado um jogo difícil com o Moreirense, domingo, em Moreira de Cónegos, dado o trajeto da equipa nortenha esta época, com a Taça da Liga da conquistada. Quiseram arranjar aqui problemas psicológicos.

Usando da ironia, o treinador acrescentou que Palhinha durante a semana "teve um problema psicológico tão grande que nem treinou".


"Aquilo que eu disse foi que o Palhinha não levou o guião certo". A responsabilidade das ideias é minha. Ficou tão afetado que nem treinou. "Pode ser que haja um plano de jogo diferente daquilo que eles estavam habituados, para o bem e para o mal". "Se disse que ele não levava o guião certo, a responsabilidade é minha, estou a dizer que não transmiti aquilo que queria", salientou o técnico. Há uma marca desportiva que está no top há muito tempo.

"Não disse que o Sporting está fora da luta, disse que está muito mais difícil".

Jogo com o Moreirense: "É uma equipa que tem vindo a fazer uma recuperação muito interessante, já ganhou um titulo, já jogou contra os nossos rivais mostrou capacidade e alerta-nos para que não vai ser um jogo fácil". O Sporting já tinha oito jogadores da formação. "É a 'cotovelite'. É a marca que mais vende em Portugal", disse o treinador do Sporting.


A aposta na formação foi igualmente defendida pelo treinador, que valorizou um "equilíbrio" entre os jovens formados no clube e a prospeção.

O Moreirense, 15.º classificado, com 18 pontos, recebe o Sporting, terceiro, com 38, no domingo, pelas 18H, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, num jogo com arbitragem de Manuel Oliveira da Associação de Futebol do Porto. É uma tentativa de poder avançar. Temos de dar um passo atrás para dar dois em frente, na tentativa de dar evolução a estes jogadores que são o futuro do Sporting. Descobrir o presente, com estes jogadores que fizemos regressar, para olhar o futuro.