Resultado do Fies 2017 é divulgado

Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas de ensino superior a uma taxa de juros de 6,5% ao ano

Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas de ensino superior a uma taxa de juros de 6,5% ao ano

No entanto, a partir desta edição, o teto máximo para financiamento será de R$ 30 mil semestrais. Estão disponíveis a lista dos pré-selecionados e a lista de espera.

Os estudantes classificados com base no número de vagas do curso serão pré-selecionados na chamada única.


Caso o estudante esteja em lista de espera e seja chamado, ele terá até 5 dias para confirmar a inscrição. Os estudantes não pré-selecionados foram automaticamente incluídos na lista de espera.

Os estudantes terão de terça-feira até o dia 20 de fevereiro para confirmar a inscrição no Sisfies.


Após a pré-seleção, a contratação do financiamento dependerá da conclusão da inscrição no SisFies e do cumprimento das demais regras e procedimentos do programa. Para obter o empréstimo o candidato deve ter alcançado pelo menos 450 pontos na média do Enem e não zerar a redação. A CPSA é o órgão responsável, dentro da instituição de ensino, pela validação das informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição.

O Fies oferece financiamento para estudantes pagarem mensalidades de cursos de instituições particulares. A taxa efetiva de juros do programa é de 6,5% ao ano. Também será necessário comprovar renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos (R$ 2.640). Anteriormente o Ministério da Educação (MEC) financiava até R$ 42 mil por mês.


A oferta de vagas do programa dá prioridade aos cursos de engenharias, formação de professores e áreas de saúde. O programa valoriza também os cursos com melhores índices de qualidade em avaliações do Ministério da Educação.