Novo recorde espacial: Índia lança 104 satélites simultaneamente (VÍDEO)

Imagem de arquivo de um lançamento de uma plataforma na Índia | Reuters

Imagem de arquivo de um lançamento de uma plataforma na Índia | Reuters

Os indianos lançaram em um único foguete 104 satélites: um grande e outros 103 nanosatélites de Israel, Cazaquistão, Holanda, Suíça, Emirados Árabes Unidos e muitos equipamentos norte-americanos.

O recorde anterior de maior número de dispositivos transportados para o espaço com um único foguete foi realizado pela Rússia em 2014 ao colocar em órbita 39 satélites.

O foguetão descolou da plataforma de Sriharikota, no sudeste do país, pelas 09:28 (03:58 em Lisboa).

No entanto, o porta-voz do ISRO, Deviprasad Karnik, se mostrou mais cauteloso em declarações à Agência Efe.

A proeza do lançamento do PSLV-C37 não exigiu tecnologia nova, o que reflecte uma facilidade crescente de enviar satélites para o espaço, consequência do tamanho e peso reduzidso dos satélites modernos. Entre os satélites, com um peso total de 1.378 quilogramas, destaca-se o da série Cartosat-2, portador de um sistema cartográfico muito sofisticado de fabrico indiano, o mais pesado de todos. "A Índia presta uma homenagem a seus cientistas", disse o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, em sua conta no Twitter. A última realização da Índia havia sido datada de 22 de junho de 2016 quando 20 satélites foram postos em órbita.

"Este feito extraordinário conseguido pela ISRO representa um momento de orgulho para nossa comunidade científica espacial e a nação". Este é também um dos programas espaciais mais ativos do mundo, conhecido pela sua eficácia e bom preço.

Em 2014, a Índia conseguiu colocar, com sucesso, uma sonda na órbita de Marte.