São Paulo vence o Santos de virada e quebra tabu — Paulista

Atacante Chavez está de volta após um jogo fora mas deve começar no banco

Atacante Chavez está de volta após um jogo fora mas deve começar no banco

Vladimir é o substituto de Vanderlei e seu passado o motiva a fazer a melhor apresentação possível no clássico desta quarta-feira, contra o São Paulo, às 21h45, na Vila Belmiro. A equipe da capital não vencia o Alvinegro fora de casa desde 2009. A outra alteração foi a entrada de Luiz Araújo no lugar de Neilton. Dos pés da revelação de Cotia saíram dois gols e a confirmação da virada por 3 a 1. Tivemos um primeiro tempo bom.

"O pedido foi negado, pois segundo a Federação, a empresa detentora dos direitos televisivos foi contrária à mudança, porque prejudicaria a sua programação", explicou o Santos, em comunicado. O Osasco é o lanterna, com quatro pontos conquistados. Linense vem logo atrás com três a menos. No mesmo dia, o alvinegro bateu o Red Bull Brasil por 3 a 2 e manteve a invencibilidade na temporada.

E o San-São começou com novidades.

Apesar de vir de uma boa vitória na última rodada, Ceni teme que seu time vire presa fácil dentro da Vila, como já ocorreu outras vezes mas ainda sim acredita na vitória.

O problema é que na prática as coisas não funcionaram como o novato treinador imaginava. Luiz Araújo, aos 10 e aos 27 minutos do 2º tempo.

O gol mudou o panorama tático da partida. O Santos, propositalmente, deu campo ao rival e recuou sua marcação para apostar na saída rápida. Restou ao São Paulo tocar a bola e tentar encontrar um meio de furar o bloqueio santista. Nesse ponto, Neilton, sempre perseguido pelos torcedores na Baixada, decepcionou. Eles colocam mais jogadores no nosso campo de defesa e tentam fazer o gol. "Sofremos gols em saída de bola errada, bola alçada. e aí o São Paulo explorou os contra-ataques".

Como era de se esperar, Neilton não voltou para a etapa final.

"Eu fico muito feliz pelo resultado, mas também pelo Luiz Araújo". Porém, foi o ataque do Santos que assustou primeiro. Até agora a equipe marcou 9 gols e sofreu 4.

O lance, no entanto, não era nenhum presságio do que estaria por vir.

- Tivemos uma derrota com erros pontuais, diferente de domingo.

Mas, o caldo começou a engrossar para o Peixe aos 36 minutos. Lucas Lima dormiu no ponto e perdeu a bola para Thiago Mendes. Sempre que roubava uma bola, o time da Vila Belmiro partia em velocidade e dava trabalho para os defensores rivais. O arqueiro teve a maior sequência de jogos depois do jogo contra o Corinthians, no Campeonato Paulista.

E a situação ficou ainda mais dramática aos 26. "O São Paulo não virá para se defender" , disse Victor Ferraz. Opção que custou caro ao Peixe. O substituto teve grande atuação, marcou dois gols e comandou contragolpes infernais nas costas da defesa santista. A estreia do colombiano deve ser contra a Ferroviária neste sábado (18), às 19h30, também na Vila Belmiro.

Cartões amarelos: SANTOS: Zeca, Rodrigão.

Thiago Maia, Leandro Donizete e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete e Rodrigão.