Lucro do Banco do Brasil caiu para R$ 8034 bilhões em 2016

Michel Temer

Michel Temer

Segundo o presidente, isso será possível graças ao lucro que vem sendo registrado e aos ajustes de gestão que estão sendo feitos pelo banco.

O Itaú ultrapassou o Banco do Brasil e é o maior banco do país, considerando o ranking de ativos totais.


O patrimônio líquido do BB foi a 87,194 bilhões de reais no quarto trimestre, alta de 6,9% em 12 meses e de 1,7% em relação ao trimestre anterior.

Nesta quinta-feira (16), o BB anunciou ter fechado o ano passado com R$ 1,401 trilhão em ativos, queda ante os R$ 1,448 trilhão do fim de setembro.


O presidente Michel Temer afirmou que o Banco do Brasil é "vocacionado para o empréstimo". Ele disse que as despesas com provisões, que este ano ficaram em R$ 36,1 bilhões, devem recuar para algo entre R$ 20,5 bilhões a R$ 23,5 bilhões este ano. Nos demais bancos, houve crescimento nas receitas com cartões.

Em termos de valor de mercado na Bovespa, o Itaú também lidera, avaliado em R$ 252 bilhões, seguido pelo Bradesco (R$ 179,7 bilhões), Santander (R$ 132,3 bilhões) e BB (R$ 88,7 bilhões). Os ativos cresceram 4,9%, a R$ 1,42 trilhão. O Banco do Brasil não está sozinho. A compra do controle do chileno CorpBanca ajudou na ascensão do banco das famílias Setubal Villela e Moreira Salles. Mas, com a aquisição das operações do HSBC Brasil, elevou para 31 milhões o total de clientes e conseguiu expandir em 15,8% os ativos sob sua administração, que atingiram R$ 1,17 trilhão, consolidando-se assim como terceiro maior banco do país. Entre os maiores avanços estão o crédito rural (8,6%), que atingiu R$ 150,5 bilhões, e as operações de custeio. De acordo com o banco, o resultado foi impactado, principalmente, pelo aumento da despesa de provisão no ano.


A carteira de crédito ampliada, que considera títulos privados e garantias, encerrou o ano a R$ 798,3 bilhões, retração de 11,3%. A Margem Financeira Bruta cresceu 13,0% (R$ 59,3 bilhões) e as Rendas de Tarifas, 6,8%. No trimestre passado, 60% do crédito concedido a pessoas físicas ficaram concentrados em empréstimos consignados e financiamento imobiliário. Segundo o banco, o programa Minha Casa Minha Vida ampliou a demanda por crédito.