Governo repõe controlo nas fronteiras durante visita do Papa a Fátima

Papa Francisco e representantes da UE no Vaticano em cerimônia de comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma

Papa Francisco e representantes da UE no Vaticano em cerimônia de comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma

O Conselho de Ministros aprovou a medida esta manhã.

Trata-se de uma decisão esperada e que o próprio Governo (através da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa) já tinha considerado como provável, também numa entrevista àquele semanário.

A secretária-geral do Sistema de Segurança Interna disse hoje que a reposição temporária do controlo de fronteiras é "uma medida complementar de reforço da segurança", sendo usual quando o papa visita outros Estados-membros da União Europeia.

Portugal vai repor o controle fronteiriço durante a visita do Papa Francisco a Portugal.

O papa Francisco estará em Fátima entre os dias 12 e 13 de maio para as comemorações do centenário das aparições, obrigando a um reforço das medidas de segurança.

Esta será a terceira vez que Portugal retoma temporariamente este tipo de controle, depois da reunião de cúpula da OTAN de Lisboa em 2010 e a celebração da Eurocopa em 2004.