Após 22 anos no Chelsea, Terry anuncia que vai sair

Divulgação Diário do Grande ABC- Notícias e informações do Grande ABC Santo André São Bernardo São Caetano Diadema Mauá Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Divulgação Diário do Grande ABC- Notícias e informações do Grande ABC Santo André São Bernardo São Caetano Diadema Mauá Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

O defesa, de 36 anos, tem jogado pouco esta temporada, e chegou a ser noticiado um eventual empréstimo ao Bournemouth, clube a que estava emprestado o também defesa dos 'blues' Nathan Aké, que regressou recentemente ao Chelsea.

O Chelsea anunciou esta segunda-feira que o capitão John Terry deixará o clube no final da temporada, depois de mais de duas décadas de ligação ao clube londrino.

O zagueiro também disse que esse era o momento certo para sair do Chelsea: "o clube e eu sempre tivemos uma relação fantástica, que continuará além dos meus dias como jogador". O contrato dele se encerrá no final desta temporada e não será renovado.

Gostaria de agradecer cada um, do fundo do meu coração, pelo apoio inacreditável que me mostraram nestes anos. Muito obrigado, por tudo - completou.

John Terry somou 713 partidas com a camisola dos 'blues', tendo apontado 66 golos.

Ao longo de sua carreira John Terry contribuiu para o sucesso alcançado pelo clube londrino, tendo conqusitado uma Liga dos Campeões, quatro títulos da Premier League, a Liga Europa, cinco Taças de Inglaterra e três Taças da Liga.

Marina Granovskaia, diretora do Chelsea, também homenageou o jogador: "ele tem sido um jogador marcante, um capitão inspirador e sempre demonstrou um compromisso excepcional com nossa causa". Neste período, o Chelsea se tornou um dos maiores clubes do mundo e é preciso que a contribuição do John seja reconhecida. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.