Incêndio em São Pedro da Cova obriga a evacuar escola secundária

Incêndio em São Pedro da Cova dominado

Incêndio em São Pedro da Cova dominado

Os 30 homens, auxiliados por dez viaturas, de cinco corporações de bombeiros que estão na zona já controlaram o incêndio.

Daniela Gandra, moradora de São Pedro da Cova, descreve uma "coluna de fumo atrás da escola secundária" e relata que "na semana passada já tinha existido um incêndio mais pequeno na mesma zona". Não há registo de feridos. Mas, por se encontrar próximo de casas, provocou "algum pânico", disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto.

O incêndio regista-se numa zona habitacional mas o CDOS garante que não há nenhum edifício em risco.

As aulas na Escola Secundária de São Pedro da Cova, Gondomar, que hoje foi evacuada devido a um incêndio florestal, "retomam normalmente" na terça-feira, disse à Lusa a diretora. O presidente da câmara de Gondomar, Marco Martins, confirmou aos jornalistas que a situação está mais calma.

Os alunos, professores e restantes funcionários de uma escola de São Pedro da Cova tiveram de ser retirados do estabelecimento de ensino, em virtude de um incêndio que deflagrou num monte contíguo, numa encosta de Paradela.
"Na terça-feira as aulas retomam normalmente", disse Teresa Gandra, que elogiou a colaboração dos alunos e responsáveis da escola e o "auxílio pronto" dos meios de socorro.