Djokovic sofre, mas vence Almagro em estreia em Madri

Reprodução Twitter  Rafaholics

Reprodução Twitter Rafaholics

O tenista sérvio Novak Djokovic garantiu vaga nas semifinais do Masters 1000 de Madri após a desistência do japonês Kei Nishikori antes da partida entre os dois pelas quartas de final nesta sexta-feira. O confronto entre os dois será neste sábado (13), às 11h (de Brasília).

Alta qualidade que ambos voltaram a demonstrar nesta semana, e isso é o que mais anima dos fãs do tênis.

Novak Djokovic não começou bem o ano.

Djokovic derrotou o espanhol Nicolás Almagro por 6-1, 4-6, 7-5, enquanto Nadal teve uma partida épica de três horas contra Fabio Fognini antes de avançar na competição, vencendo por 7-6 (7-3), 3-6, 6-4.

O tenista disse ainda que tem uma oportunidade de jogar em Roma, mas que não o pode garantir, salientando, no entanto, que o mais importante será sempre Roland Garros, o segundo torneio do 'Grand Slam' da época.

Nadal, em compensação, ganhou o torneio de Barcelona há duas semanas, mas encontrou uma chave fraca, que não lhe impôs grandes nomes no caminho. O sérvio lidera o confronto direto por 26-23 e venceu os últimos sete encontros diante do espanhol, que está, no entanto, a fazer uma época muito melhor do que Djokovic.

Atual número 1 do mundo, Murray teve uma chocante derrota em Madri nas oitavas-de-final para o croata Borna Coric, de 20 anos, apenas o 59 do ranking. E Federer preferiu não atuar na capital espanhola. Diz que está com dores nas costas e nos joelhos, e que vai decidir, nos próximos dias, se joga em Roland Garros, onde foi campeão uma única vez, em 2009.

Ainda nesta sexta, o uruguaio Pablo Cuevas venceu o alemão Alexander Zverev por 3-6, 6-0 e 6-4.