Em jogo de cinco gols, Fluminense estreia com vitória sobre o Santos

Xerém x Meninos da Vila maior clássico de base ganha contorno profissional no Brasileirão

Xerém x Meninos da Vila maior clássico de base ganha contorno profissional no Brasileirão

Na sequência, porém, o Fluminense ganhou um pênalti na malandragem de Henrique Dourado: o atacante deixou o pé no caminho de Jean Mota, esperando o contato, como definiu o comentarista Edinho, do canal Premiere. Léo trocou passes com Sornoza e chegou na área do Santos.

VELOCIDADE - O segundo tempo começou em alta velocidade.

"Foram dois meses parado, errei até posicionamento no segundo gol deles". Richarlison acreditou numa bola quase perdida pelo lado esquerdo e recuou para Wendel. Mas o Flu, na primeira oportunidade que teve, ampliou, aos 12, Wendel fez linda jogada individual, completada com bela finalização de Sornoza.

Ricardo Oliveira sobe e cabeceia no travessão de Cavalieri. A tendência é que o camisa 10 entre na etapa final e jogue cerca de 15 minutos. Bruno Henrique driblou Lucas e caiu na área. A defesa, depois do sufoco, aliviou. Depois de um período de muito jogo no meio de campo, o Fluminense voltou a aparecer no ataque aos 28 minutos com Richarlison. Léo tabelou com Henrique Dourado e chutou cruzado para boa defesa de Vanderlei.

Apesar da fraca atuação no meio de semana, o técnico Abel Braga deve dar um voto de confiança e repetir o time titular neste domingo. Tirou Richarlison para a entrada do volante Pierre, para reforçar a marcação e depois, aos 40, Gustavo Scarpa entrou na vaga de Sornoza.

Os santistas não desistiram.

Cartão amarelo: Léo (FLU); Victor Ferraz, Ricardo Oliveira, Lucas Veríssimo, Lucas Lima e Bruno Henrique (SAN) Cartão vermelho: Não houve. Sornoza, aos 12, e Hernández, aos 41 minutos do segundo tempo. Por conta deste gol, os últimos minutos foram de tensão até o final.

GOLS - Henrique Dourado, aos 3 e aos 48 (pênalti), e Victor Ferraz, aos 38 minutos do primeiro tempo.

Com isso, Dorival deve levar o Santos a campo no domingo com: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Cléber Reis e Jean Mota; Renato (Leandro Donizete), Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira (Kayke). Já no fim, os visitantes diminuíram com Hernandez, mas não tiveram tempo para igualar o placar.

O triunfo na estreia do Campeonato Nacional dá um ânimo a mais para o time do Rio de Janeiro, que vivia um momento mais delicado neste começo de temporada, já que perdeu a decisão do Carioca para o Flamengo e teve trabalho para se classificar na Sul-Americana. Aos 38 minutos, porém, Bruno Henrique cruzou na área e Victor Ferraz, como elemento surpresa, apenas escorou de cabeça para empatar a partida.

Com informações do Estadão Conteúdo.