Aos 62 anos, morre o músico e produtor musical Kid Vinil

Mariah Carey

Mariah Carey

O cantor e produtor Kid Vinil morreu nesta sexta-feira (19), aos 62 anos, em São Paulo.

Antônio Carlos Senefonte, nome de batismo de Kid, iniciou a carreira com o grupo Verminose, um dos pioneiros do rock nacional.

Kid Vinil ganhou fama estrondosa nos anos 80, quando integrou o grupo Magazine, qe teve hits como Tic Tic Nervoso e A Gata Comeu. Era uma junção de Kid Jensen, radialista da BBC, e Kosmo Vinyl, empresário da banda punk The Clash, como contam Ricardo Gozzi e Duca Belintani na biografia autorizada "Kid Vinil - Um Herói do Brasil" (Edições Ideal, R$ 39,90, 160 págs.), de 2015. "Muita tristeza!", disse Luiz Thunderbird no Twitter. Ele era uma das atrações da Festa Retrô. Em 16 de abril, Kid passou mal após um show em Conselheiro Lafaiete, região central de Minas Gerais. Já o pai, no entanto, crava que foi no dia 10 de março.

Souza e amigos do cantor negociaram com o convênio médico a possibilidade de transferi-lo via helicóptero a um hospital de São Paulo e cogitaram arrecadar fundos com as pessoas próximas para pagar o resgate aéreo.

Infelizmente, Kid Vinil faleceu horas depois da divulgação do post. Na Rede Bandeirantes, comandou o programa Mocidade Independente.

Ultimamente, liderava a banda Kid Vinil Xperience e apresentava o "Programa do Kid Vinil", às quintas, na 89 FM. Seu conhecimento musical também levou o paulista a lançar "Almanaque do Rock" (2008), de conteúdo enciclopédico sobre a história do estilo.

Seu apelido foi criado justamente para o programa de rádio.