Menina desaparecida em Foz Côa pode estar já na Turquia

Shutterstock

Shutterstock

Entretanto, segundo disse à agência Lusa fonte da Polícia Judiciária da Guarda, a menina estará, "em princípio", em Istambul, na Turquia. O pai conseguiu viajar com a menina para Madrid, com recursos a documentos falsos, segundo avança a SIC Notícias.

O alerta foi dado ao final da tarde depois de a menina não ter voltado da escola, mas, segundo a GNR, a menor não terá chegado ao estabelecimento de ensino. Os dois terão apanhado um avião em Madrid.

"A criança terá embarcado ontem (quarta-feira), em Madrid, juntamente com o pai, com documentos da outra filha", diz o coordenador do departamento de investigação criminal da PJ da Guarda, José Monteiro.

Comando distrital da GNR da Guarda anunciou esta quarta-feira que montou uma operação de busca para localizar o paradeiro de uma rapariga de nove anos de idade que desapareceu do Agrupamento de Escolas de Foz Côa.

Segundo fonte da proteção civil municipal, as forças policiais estão a controlar as entradas e saídas do território envolvente.

No terreno estão elementos da Guarda Nacional Republicana, Polícia Judiciária (PJ) e Bombeiros, apoiados por binómios cinotécnicos.