Tite convoca seleção com várias novidades para amistosos em junho

CBF  Divulgação

CBF Divulgação

O técnico Tite anunciou na manhã desta sexta-feira a convocação da seleção brasileira para os amistosos contra Argentina, no dia 9 de junho, e Austrália, no dia 13 de junho. Nomes como Rafinha, lateral do Bayern de Munique, e Jemerson, zagueiro do Monaco, também terão novas chances.

Outros atletas ficaram de fora por conta das férias nos campeonatos na Europa. O "David tem 56 jogos pela seleção, é versátil, está num grande momento", afirmou. A surpresa foi a ausência de sete titulares - Neymar, Alisson, Daniel Alves, Marcelo, Miranda, Marquinhos e Casemiro. Deve ter mais de 20 jogos como meio campistas.

Sob o comando de Tite, a seleção brasileira exibe um incrível aproveitamento de 100%. Tem todas as credenciais neste aspecto.

Tite elogiou muito o desempenho de Rodriguinho no Campeonato Paulista. Eu procuro colocar e deixo claro que os atletas precisam concorrer com lealdade.

"O nível de estresse de um jogador não pode ser nem baixo nem tão elevado. os atletas jogam nas maiores marcas e clubes do mundo e já são exigidos a níveis de estresse excessivos, é importante uma pausa", declarou o preparador físico. "Essa foi a posição da CBF", explicou Tite sobre a ausência de Neymar.

David Luiz é outra das surpresas no lote de opções. Na sequência pega Colômbia (5 de setembro), Bolívia (5 de outubro) e Chile (10 de outubro).

Em tempo: a quase um ano da Copa do Mundo de 2018, jogadores convocados por Tite para os próximos amistosos são aqueles que fazem parte dos planos do treinador para o Mundial ou que ao menos devem ser testados na Seleção para efeito de aprovação antes da convocação definitiva para o torneio da Rússia.