Computex 2017: Intel revela novos processadores Core i9 com até 18 núcleos

Intel anuncia Core i9 Extreme com 18 núcleos

Intel anuncia Core i9 Extreme com 18 núcleos

A série conta também com a presença do Core i7-7820X (8 núcleos, 3,6GHz, TDP 140W, 599 dólares), Core i7-7800X (6 núcleos, 3,5GHz, TDP 140W, 389 dólares), Core i7-7740X (4 núcleos, 4,3GHz, TDP 112W, 339 dólares) e do Core i5-7640X (4 núcleos, 4GHz, TDP 112W, 242 dólares).

Este ano a Intel voltou a surpreender e temos agora entre nós o Core i9.

A Intel não divulgou preços e datas, mas especula-se que os primeiros modelos de computadores equipados com os Compute Cards devem chegar ao mercado até o fim do ano, com valores entre US$ 149 e US$ 499.

De acordo ainda com o The Verge, a Intel também aproveitou a ocasião para falar da sua oitava geração de processadores, que por enquanto se chama Coffee Lake.

Hoje, durante a feira Computex, em Taiwan, a Intel anunciou uma nova linha de processadores de altíssima performance chamada Core X. Ela é composta por versões mais potentes dos processadores Core i5 e i7, além de uma nova linha do Core i9 que inclui o primeiro processador para consumidores finais (e não empresas) a ter 18 núcleos e 36 threads (núcleos virtuais).

Com o novo Core i9, a batalha entre Intel e AMD ganha mais um capítulo.

Quem aí vai guardar uma graninha para o Core i9?

A X-Series também introduz novos processadores Core i7. A Intel deixa claro que tais processadores são voltados para o usuário hardcore que deseja a performance definitiva.

Outros integrantes do selo incluem itens como i9-7920X (12 núcleos e 24 threads), i9-7940X (14 núcleos e 28 threads), i9-7960X (16 núcleos e 32 threads) e i9-7980XE (18 núcleos e 36 threads). Por isso o preço de US$ 1.999,00, apesar de assustador é justificável: ele é um leviatã, para dizer o mínimo e supera o AMD Threadripper, com seus 16 núcleos. A Intel não especificou o clock base ou o cache L3 dos processadores Core i9, com exceção do mais simples, que tem 3,3 GHz de clock base e 13,75 MB de cache L3. Todos os chips são compatíveis com o novo socket LGA 2066 e não demorar para as novas placas-mãe chegarem ao mercado.