"Não sou homofóbica", diz Mara Maravilha, aos prantos, durante programa ao vivo

Ruy vai defender Ivana de um ataque homofóbico nos próximos capítulos da novela 'A Força do Querer'

Ruy vai defender Ivana de um ataque homofóbico nos próximos capítulos da novela 'A Força do Querer'

"A gente respeita a opinião dela, somos a favor da diversidade de opiniões", disse Leão Lobo.

Mara Maravilha foi acusada pelos internautas de homofóbica após fazer comentários sobre a transformação da personagem Ivana, da novela A Força do Querer, na última quarta-feira (23), durante o programa Fofocalizando, do SBT. Mas pra procriar ainda é homem com mulher e mulher com homem" e "Deus fez Adão e Eva. "Agora é Adão e Ivo". "Tem que respeitar. Mas pra procriar ainda é ainda é homem com mulher e mulher com homem", declarou a apresentadora.

Ela também falou sobre o assunto no Instagram.

Na mesma rede social, ela se pronunciou sobre a polêmica. Muitas vezes o simples fato! Enquanto a mim, vivo em paz com o meu direito comum a todos: "liberdade de expressão... e já que são Mara, sejam amor... no mais, me perdoem se mesmo sem nenhuma intensão ofendi, vamos expandir literalmente tolerância!".

Após isso, os outros apresentadores do programa fizeram comentários defedendo a colega, que chorava. "Mara teve uma indisposição, foi atendida no ambulatório da emissora e passa bem", disse. "Só estou perguntando. A Neném será o pai, não?". No dia seguinte, a gêmea participou da atração e detonou a evangélica ao vivo. Na ocasião, ela se explicou em seu perfil no Twitter, dizendo que foi tudo um mal entendido.