Furacão 'Irma' ganha força e deve chegar à Florida

EUA: governador da Flórida decreta estado de emergência antes da chegada do furacão Irma

EUA: governador da Flórida decreta estado de emergência antes da chegada do furacão Irma

Com ventos a rondar os 215 quilómetros por hora, o Irma está a encaminhar-se para as Ilhas de Sotavento (entre as Ilhas Virgens e Trinidad, nas Antilhas), devendo intensificar-se ainda mais nos próximos dois dias, avisou o Centro de Furacões, sediado em Miami.

Miami, EUA, 04 ago - (Lusa) - O furacão Irma foi hoje reclassificado como de categoria 4 (numa escala de 5) devido aos fortes ventos que ameaçam as Caraíbas e o Estado americano da Florida, anunciou o Centro de Furacões dos EUA.

O NHC aponta que há alerta de furacão em Antigua, Barbuda, Anguilla, Montserrat, São Cristóvão e Nevis, Saba, Santo Eustáquio, São Martinho, Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Virgens Americanas e Porto Rico. Espera-se que Irma passe sobre este grupo de ilhas entre a noite de terça-feira e a manhã de quarta-feira, quando alcançará também Porto Rico.

O NHC já vaticinou que o Irma poderá provocar um aumento de até três metros no nível normal do mar e chuvas de até 25 cm, além de ondas "grandes e destrutivas". A advertência indica que o furacão é iminente nas próximas 36 horas, enquanto a vigilância assinala que a sua chegada acontecerá em 48 horas. A população das Antilhas Menores se preparava na segunda-feira para enfrentar o furacão, e longas filas se formavam nos postos de gasolina, em meio ao cancelamento de voos e à anulação das aulas.

As autoridades da Florida já decretaram estado de emergência, pois o estado foi devastado há poucos dias por outro furacão, o "Harvey", considerado o mais forte da última década.

A trajetória do Irma ainda é incerta, mas várias projeções colocam o Haiti, a República Dominicana e Cuba no seu trajeto, antes de se dirigir para o norte, em direção ao estado da Flórida e, depois, eventualmente, para a costa leste dos EUA.

Homem descansa em deposito que virou abrigo para desabrigados após a passagem da depressão tropical Harvey em Houston, no Texas.