Gêmeos morrem afogados após cair em piscina; pais regavam plantas

Crianças foram levadas pelos pais ao hospital mas não resistiram

Crianças foram levadas pelos pais ao hospital mas não resistiram

Dois irmãos gêmeos de um ano e dois meses de idade morreram afogados na piscina de casa. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, as crianças caíram na água ao atravessarem a grade que cerca a piscina, que estaria aberta.

As crianças foram socorridas pela própria família e levadas até o Hospital Auxiliadora, mas não resistiram.

A equipe média se mobilizou para salvar os meninos, que tiveram a morte declarada após 30 minutos de tentativa de reanimação.

"Que Deus em sua infinita bondade possa confortar o coração desses pais, Clayton e Josi, pela perda irreparável dos seus filhos". O acidente aconteceu na casa dos pais das crianças, no bairro dos Ipês, na cidade de Três Lagoas. Que todos sejam cobertos pelo manto de Nossa Senhora Aparecida. "Pegou todo mundo de surpresa", disse ela.

"Nossa cidade está em luto", escreveu o prefeito.

Os principais portais de notícias publicaram nas redes sociais o ocorrido e centenas de pessoas prestaram solidariedade aos pais. Dez anos depois, uma nova decisão judicial autorizou a prefeitura a demolir os quiosques.