"Sexta-feira logo vemos se estou disponível" — Pizzi

Jiménez está ao serviço da selecção mexicana

Jiménez está ao serviço da selecção mexicana

O Benfica joga esta sexta-feira com o Portimonense, na Luz, às 21h00, em jogo da 5ª jornada da Liga, e Pizzi diz que não vai ser um jogo fácil para o conjunto orientado por Rui Vitória.

O médio benfiquista falhou, devido a lesão, o duplo compromisso da seleção na fase de apuramento para o Mundial de 2018, mas ainda tem esperança de recuperar a tempo do jogo com o Portimonense, já esta sexta-feira. "Estou a melhorar, cada dia a sentir-me melhor, tenho vindo a treinar com o grupo e depois logo se vê se estarei em condições na sexta-feira", referiu o médio à margem de uma sessão de autógrafos com Willock na loja oficial do Benfica no Estádio da Luz.

"Obviamente que tivemos perdas importantes no plantel, saíram jogadores de muita qualidade, mas a política de contratações do Benfica foi óptima".

Mitroglou deixou o Benfica no último dia de mercado e terá deixado saudades, porém, Pizzi acredita que os substitutos, Seferovic e Gabigol, "dois pontas-de-lança com muita qualidade", têm tudo para triunfar.

O médio de 27 anos terminou com um apelo aos adeptos: "Esperamos ter casa cheia, para que todos juntos possamos fazer uma grande exibição, conquistar mais três pontos, rumo ao nosso objectivo principal". "Continuamos fortes, unidos e com o pensamento de vencer". O Mitroglou era e é um excelente jogador que nos ajudou bastante, mas neste momento já não faz parte do nosso plantel.

"São adversários complicados. O Portimonense é uma equipa que acabou de subir mas que tem a ambição de permanecer na I Liga para consolidar o seu espaço. Os reforços estão todos a dar o máximo para conquistar a sua posição e nós os mais antigos estamos a ajudar na integração". "Vamos e temos de estar preparados para vencer", vincou.

Rejeitando falar sobre o CSKA Moscovo, primeiro adversário do Grupo A da Liga dos Campeões, Pizzi analisou o próximo rival do campeonato.