Ensino Superior: Colocações 2017 já disponíveis online

Número de alunos colocados no Ensino Superior é o mais elevado dos últimos sete anos

Número de alunos colocados no Ensino Superior é o mais elevado dos últimos sete anos

Os números da tutela indicam ainda o crescimento da atractividade dos politécnicos, que foram a primeira opção para mais 16% dos candidatos em comparação com 2016.

Sobraram 6.225 vagas para a segunda fase do concurso, o que representa uma diminuição de 22,4% em relação à mesma fase do concurso do ano passado - é o menor número de vagas sobrantes desde 2009.

O responsável salientou que permaneçam diferenças entre as universidades do litoral do país - com taxas de colocação a rondar os 100% nesta primeira fase - e do interior - que ficam com dezenas de vagas por preencher (sobretudo no ensino politécnico).

Dos 1.062 cursos disponíveis, 711 ficaram já completamente preenchidos na primeira fase, com especial destaque para os cursos na área de Direito, Saúde, Engenharias, Ciências Sociais e do Comportamento e Ciências Empresariais.

No lado oposto, estão os cursos que não registaram nenhuma colocação: 44 cursos não tiveram qualquer procura, com o Instituto Politécnico de Bragança a liderar a lista das instituições que mais cursos com zero colocados ofereceu (8 cursos).

Número de alunos colocados no Ensino Superior é o mais elevado dos últimos sete anos

Depois de o Governo ter apelado às instituições para um aumento do número de vagas nas áreas das tecnologias de informação e de Física, e de estas terem respondido com a criação de 150 novas vagas em cursos de licenciatura e mestrado nestas áreas, o CNA registou na primeira fase um aumento de 10% no total de colocados nestas áreas de estudo. O número de colocados é de 7.664 estudantes.

Dos 52.434 candidatos à primeira fase de acesso ao ensino superior, mais 6% do que há um ano, 85,7% foram já colocados.

Num concurso em que o candidato é colocado com base na ordem das seis opções que selecciona - isto é, o candidato só avança para a segunda opção escolhida caso não consiga entrar na primeira -, 49% entrou na opção que realmente queria.

O presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, António Cunha, mostrou-se este domingo satisfeito com o aumento das colocações no ensino superior verificadas este ano, mas não deixou de notar que "há dois países nestes resultados".

Os resultados são conhecidos a 27 de Setembro.