Irma continua devastador com categoria 4

Governador da Geórgia ordena evacuação obrigatória de zonas costeiras por causa de Irma

Governador da Geórgia ordena evacuação obrigatória de zonas costeiras por causa de Irma

Desde quarta-feira o fenômeno já vem causando estragos incalculáveis no Caribe, deixando mais de 20 mortos e muitos feridos.

Com estas chuvas chegaram também os primeiros cortes de luz, apesar de os enormes ventos do furacão, de 215 quilômetros por hora, com sequências mais fortes, quase não serem sentidos ainda em Miami.

Pelo menos 76 mil pessoas estão sem energia na Flórida devido à chuva e fortes ventos causados pela aproximação do furacão Irma, segundo o governador do Estado, Rick Scott.

Com ventos de 250 km por hora, o furacão continua "extremamente perigoso", advertiu o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Relativamente a ontem, a informação divulgada hoje pelo NHC indica que o Irma 'trocou as voltas' aos meteorologistas e deslocou-se mais para Oeste do que antecipavam, ao ponto de voltar à previsão de há uns dias atrás, que apontava para que chegasse a terra na costa Oeste da Península da Florida e já não na costa Leste onde se localiza Miami, que no entanto permanece com aviso de furacão (a vermelho no mapa). "Podemos reconstruir as vossas casas, mas não podemos reconstruir as vossas vidas".

Um total de 5,6 milhões de pessoas, ou 25 pro cento da população do Estado, receberam ordens para deixar a Flórida, de acordo com a Divisão da Administração de Emergência da Flórida.

O furacão Irma terá um impacto "realmente devastador" quando chegar à costa americana da Flórida - afirmou o diretor da Agência de Gestão de Emergências (Fema, na sigla em inglês), Brock Long, em entrevista à rede CNN.

O Estado americano deve ser atingido na manhã de domingo, de acordo com o Centro Nacional de Furacões dos EUA. Seu rastro de destruição no Caribe, onde deixou 24 mortos, fez albergues ficarem lotados, intensificou a retirada de pessoas e tornou a apreensão o sentimento dominante em Miami, mesmo por parte de quem já está acostumado a este tipo de tempestade.

Funcionários do Google irão fazer plantão especial, durante a passagem do poderoso furacão Irma pelo estado da Flórida, neste final de semana, com o intuito de manter o Google Maps atualizado durante o período.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, escreveu num tweet, "o furacão Irma é de proporção épica, talvez o maior que já vimos".

Furacão José atingiu categoria 4 O furacão José não tem parado de ganhar força nas últimas horas.