São Paulo abre vantagem, mas expulsão empurra Ponte para empate no Morumbi

São Paulo abre 2 a 0 mas vê Ponte Preta empatar partida no Morumbi

São Paulo abre 2 a 0 mas vê Ponte Preta empatar partida no Morumbi

O próximo jogo da Ponte Preta será no sábado, contra o Atlético-GO, às 16h, em Campinas. O time gaúcho vai até o Rio d Janeiro, enfrentar o Vasco da Gama em São Januário, a partida marca a estreia do técnico Zé Ricardo, o jogo acontecerá as 18h (de Brasília).

A Ponte Preta procurou seguir o exemplo do rival. A Ponte Preta que está na 13ª colocação com 27 pontos, encara o Tricolor para se distanciar do Z4. Já o São Paulo vai até a Bahia duelo com o Vitória, no Barradão, no domingo, às 16h. Cueva não vive boa fase e pode perder a posição para Lucas Fernandes, que foi titular e recebeu elogios de Dorival nas atividades que foram realizadas enquanto o peruano estava defendendo sua seleção nas Eliminatórias. Após a expulsão de Jucilei aos 18 minutos do segundo tempo, o São Paulo se descontrolou emocional e taticamente, não conseguiu segurar a vantagem e foi dominado pela Ponte Preta. Nada pôde fazer na cobrança de Danilo Barcelos.

O provável time escalado por Dorival deverá ter novamente Sidão no gol, a defesa formada por Éder Militão, Bruno Alves (ou Lugano), Rodrigo Caio e Edimar.

Não adiantou. O São Paulo, sob a batuta de Hernanes e Lucas Fernandes, continuou melhor e chegou ao segundo gol de forma merecida, mas inusitada. Acredito que segurando o ímpeto deles nos primeiros minutos a gente tem grandes chances de fazer um gol, o que muda o jogo e favorece a gente - disse o atacante. Aos 17 minutos, após bate rebate na área, Jucilei colocou o braço direito na bola. Danilo cobrou escanteio na área, e Léo Gamalho cabeceou no lado esquerdo para marcar: 2 a 2. Fabuloso anotou sete vezes em dez jogos, enquanto o atacante Reinaldo, que atuou pelo Tricolor entre 2002 e 2003, fez oito gols nas dez primeiras partidas.

A bola bateu no cotovelo de Jucilei, que ainda foi expulso. Aranha saiu do gol completamente atrasado e perdeu no alto para o estreante zagueiro Bruno Alves.

"Ontem ele treinou normalmente, vamos ver hoje a reação dele em campo", comentou o treinador sobre o volante. Minutos seguintes, Léo Gamalho, de cabela, empatou. O Morumbi silenciou. Nem mesmo críticas eram possíveis ser ouvidas. O São Paulo conseguiu ampliar seu placar, mas contou com um vacilo de Aranha que saiu mal do gol.

Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Danilo Barcelos; Fernando Bob, Elton (Léo Gamalho) e Naldo (Renato Cajá); Lucca (Maranhão), Emerson Sheik e Felipe Saraiva.

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP) Data: 9 de setembro de 2017, sábado Horário: 19 horas (de Brasília) Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ) Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e MIchael Correia (ambos do RJ) Cartões amarelos: SÃO PAULO: Edimar.