VÍDEOS: Onde pode ver o furacão Irma na Flórida em directo

Furacão Irma provoca evacuação de 1 milhão de pessoas nos EUA

Furacão Irma provoca evacuação de 1 milhão de pessoas nos EUA

Os prejuízos poderão chegar aos 120 mil milhões de dólares nos Estados Unidos, nas Antilhas e nas Caraíbas, indicou a agência Enki Research.

Durante à tarde, o Irma deve passar perto das ilhas Turcas e Caicos e de Bahamas. Depois, a previsão é que ele mude de direção e siga para o norte, rumo aos EUA, quando deve ganhar força.

Pelo menos quatro pessoas morreram nas Ilhas Virgens americanas depois da passagem do furacão, anunciaram o governador, Kenneth Mapp, e o serviço de emergências.

Um terceiro furacão, Katia, rebaixado no sábado para tempestade tropical, atingiu a costa atlântica do México na sexta-feira à noite, sem provocar danos consideráveis.

Na República Dominicana o furacão obrigou a evacuar 19.000 pessoas. As ilhas de Saint-Martin e Saint-Barthélemy foram atingidas severamente, com vastos danos em propriedades e infraestruturas.

A Florida Power and Light está trabalhando com a hipótese de que 4,1 milhões de pessoas ficarão sem eletricidade nas próximas horas.

O litoral noroeste registrava fortes inundações, de Matanzas a Havana, "com ondas de entre 6 e 9 metros", informou o Instituto de Meteorologia cubano. Outras 2.135 casas ficaram danificadas, segundo o Centro de Operações de Emergência (COE). Ao menos 1,5 milhão de moradores abandonaram suas casas na ilha, onde os ventos derrubaram árvores e postes de energia elétrica. Membros do governo da Flórida, Geórgia e Carolina do Sul pediram que a população evacuasse as áreas vulneráveis, provocando uma corrida em busca de produtos essenciais como gasolina, água e sacos de areia. Este estado norte-americano prepara-se para receber durante este domingo a tempestade "mais catastrófica" de que há memória. "Esta é a tempestade mais catastrófica que o estado já viu", sublinhou o governante.

Entretanto, as ilhas mais devastadas pelo 'Irma', Saint-Martin e Saint-Barthélemy, estão novamente em alerta máximo devido à aproximação do furacão 'José'. Silvio, apenas lembrando, estava na cidade com a mulher, as filhas e os netos.

"Há rajadas muito fortes de vento". Se desloca de modo lento para a costa oeste da Flóridacontinental a 15 km/h.

Mais de 54.000 moradores já encontraram refúgio em 320 abrigos criados ao longo da Florida, afirmou o governador Scott, que fez um apelo à mobilização. O mesmo responsável revelou que o presidente dos EUA, Donald Trump, já disse estar disponível para fornecer os recursos necessários para reconstruir a Florida após a passagem do Irma, segundo a Reuters.