Mercado financeiro projeta menos inflação e mais crescimento para 2018

Expectativa passou de crescimento de 0,50% para 0,60

Expectativa passou de crescimento de 0,50% para 0,60

Divulgação/Agência BrasilBanco Central reduz projeção da Inflação para 3,18%. Em relação a semana passada, quando o IPCA era de 3,38%, a expectativa para a inflação deste ano caiu em 0,2%.

Os números do Focus demonstram que o mercado financeiro espera que a inflação fique abaixo da Meta Central, que não é atingida pelo governo desde 2009. A meta oficial da inflação é de 4,5%, podendo ter intervalo de 3% e 6%. A projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) passou de 0,50% na semana passada, para 0,60% nesta segunda-feira (11). O Focus estipulou uma expectativa para o índice de 4,15%, contra os 4,18 % registrado no boletim anterior.

A expectativa do mercado financeiro para a Selic foi reduzida de 7,25% para 7% ao ano, no fim de 2017, e de 7,50% para 7,25% ao ano, ao final de 2018.

A meta para a taxa de Juros média de 2018 é de 7,25%, retraindo 25% em relação à semana anterior.

A expectativa para o crescimento da produção industrial neste ano ficou em 1,10%.

Outra perspectiva apresentada pelo Boletim Focus, do Banco Central, refere-se a taxa de câmbio no fim de 2017, que do boletim da semana passada para o dessa semana permaneceu em R$ 3,20. Em 2018, a estimativa para o crescimento da economia subiu de 2% para 2,10%. Para 2018, a estimativa de crescimento passou de 2% para 2,1%.