Cruzeiro supera Chape fora de casa e confirma presença no G-6

Meia do Cruzeiro tem lesão na coxa diagnosticada

Meia do Cruzeiro tem lesão na coxa diagnosticada

Pela segunda vez neste Campeonato Brasileiro, a Chapecoense demite mais um técnico. Já a Chape cai uma posição na tabela, ficando em 18º lugar, com 25 pontos.

O time de Mano Menezes, no entanto, mostrou superioridade técnica e variedade tática, trabalhando a jogadas no meio de campo com mais qualidade, quando tinha a posse da bola.

Na disputa pela taça da Copa do Brasil, o Cruzeiro chega para a partida contra a Chapecoense com o desgaste do jogo, contra o Flamengo, na quinta-feira, empate por 1 a 1, além do cansaço pelo deslocamento do Rio de Janeiro até Santa Catarina.

O próximo compromisso do Cruzeiro será no domingo (17), contra o Bahia, no Mineirão. Canteros e Seijas serão as novidades da equipe de Chapecó. Rafinha e Raniel marcaram para o visitante e Túlio de Melo descontou no duelo ocorrido na Arena Condá, em Chapecó (SC). Já perto do intervalo, Raniel passou para Rafinha, que superou a marcação e mandou para as redes para abrir o placar. Túlio de Melo e Wellington Paulista criaram ótimas oportunidades, mas pararam nas ótimas intervenções de Fábio.

Já nos minutos finais de primeiro tempo, a equipe celeste controlava as ações de ataque da partida e via a Chape com dificuldades em levar perigo ao gol de Fábio.

Na volta dos vestiários, a Chapecoense começou pressionando os adversários em busca de diminuir a desvantagem no placar.

No segundo minuto de jogo, Seijas pegou o rebote e Fábio apareceu bem novamente. A torcida da Chape já demonstrava impaciência e alguns já deixavam o gramado com menos de 20 minutos de jogo. O saldo da etapa inicial era mais do que positivo para os azuis. Foi a partir de uma dessas jogadas que Arracaeta perdeu uma chance incrível, após receber a bola de frente para o gol, após bela ajeitada de bola de Henrique, de peito. O árbitro anunciou quatro minutos de acréscimo e apitou o fim da partida.