Vagner Love. "Benfica é favorito com o CSKA"

Global Imagens  Jorge Amaral

Global Imagens Jorge Amaral

O Benfica entrou a golear na edição 2017/18 da Youth League da UEFA.

Parecia estar definido o resultado final, mas o Benfica parecia insaciado e antes do apito final a equipa da casa marcou mais dois golos.

Apesar de tudo, o início do jogo não foi fácil para a equipa de João Tralhão, com os russos, a jogarem com três centrais e com mais gente no meio-campo, a impor um ritmo de jogo forte e a explorar bem as alas para chegar à linha de fundo.

Numa análise ao Grupo A da Liga dos Campeões, onde para além de Benfica e CSKA estão Manchester United e Basileia, o jogador entende que a equipa de José Mourinho "é favorita para ficar em primeiro lugar", mas avisa que "as equipas estão muito niveladas" e que qualquer das formações "pode conseguir" chegar à fase seguinte da prova milionária. O lance começa novamente em João Filipe que abre na esquerda para a desmarcação de Ricardo Araújo que cruza atrasado para remate de primeira de Nuno Santos. O CSKA iria reduzir aos 82', por intermédio de Zhironkin, mas Ricardo Araújo, aos 86', e Umaro Embaló, aos 89', dariam maior expressão ao triunfo das águias.

Nuno Santos inaugurou o marcador à passagem do minuto 41, ampliando já no segundo tempo, aos 47'.

BENFICA: Daniel Azevedo; Ventura Pinheiro, Fernandes Loureiro, Gaioso Ribeiro e Ricardo Araújo; Gedson Fernandes (Diogo Pinto, 81m), Florentino e Nuno Santos; Mesaque Dju (Diogo Mendes, 78m), José Gomes e João Filipe (Umaro Embaló, 75m).

Treinador: João Tralhão Onze do CSKA Moscovo: Zirikov; Eleev, Khosonov (capitão), Lazarev; Oleynikov, Matskharashvili, Fischenko, Maradishvili, Tiknizyan; Merenchukov e Pukhov.