Piccini recupera e ataca Liga dos Campeões

Leão de igual para igual. Águias querem voar para lugares cimeiros

Leão de igual para igual. Águias querem voar para lugares cimeiros

O Sporting já ganhou 14,7 milhões de euros na Champions (dois pelo play-off e o restante pela entrada na fase de grupos). Muito débil a defesa do Olympiacos, sem defesas centrais de raiz e com posicionamentos que não se vê em equipas de juvenis. Logo depois, ao minuto 13, Gelson faz o 2-0 numa boa jogada de contra-ataque.

Com apenas 41% de posse de bola, o Sporting mandava no jogo, procurando sempre os espaços nas costas dos defesas, porque eles o davam com uma generosidade raramente vista a este nível.

Sobre a dupla que tem feito com Coates no centro da defesa, Mathieu considera que os dois jogadores se estão a entender "muito bem". Mas foi preciso, na segunda parte, o Sporting dar algumas ajudas para haver oportunidades na baliza de Patrício. Foi uma vitória claríssima, apesar de um Jonathan bastante desligado - foi por ali que apareceram os golos gregos, ambos por Pardo.

Com 2 golos de vantagem, o Sporting "apagou" o "inferno grego" e serviu ainda mais um "balde de água gelada" aos 43 minutos (golo de Bruno Fernandes, que aproveitou as facilidades concedidas pelo último reduto grego).

Apesar de Jorge Jesus ter dito sempre que a grande prioridade do conjunto leonino é vencer a Liga NOS, a verdade é que a má campanha europeia do ano passado ficou "atravessada" na garganta dos adeptos leoninos e por isso este ano a abordagem tem de ser diferente. De qualquer forma, num grupo com Barcelona e Juventus, o resultado abre boas perspetivas para assegurar, pelo menos, o terceiro lugar.