Futebol Ao Vivo - Assistir a Vasco e Botafogo ao vivo

Martín Silva suando a camisa durante atividade na Colina

Martín Silva suando a camisa durante atividade na Colina

O único gol da partida foi marcado por Nenê. Neste sábado (14), o Cruzmaltino venceu o Alvinegro por 1 a 0, no Maracanã, e embalou no Brasileirão.

O Vasco ainda teve tempo para quase marcar o segundo aos 48. Em campo, contudo, prevaleceu a falta de inspiração, minimizada pelo lance fortuito de Nenê.

O Botafogo está na sexta colocação do Brasileiro com 43 pontos, sete na frente do nono colocado Vasco, e precisa da vitória para se manter na zona de classificação para a Libertadores do ano que vem. E, sobretudo, afastou a equipe da zona de rebaixamento e a colocou na disputa por uma vaga na Copa Libertadores. Na noite desta quarta-feira, o Vasco visita o Atlético-GO no Serra Dourada, às 19h30 (horário de Brasília), enquanto o Bota encara o Avaí na Ressacada, às 21h45. As duas equipes, assim, pareciam mais preocupadas em não perder e pouco criavam. Foi do jogo. Respeito o Botafogo, o Bruno (Silva).

O cruz-maltino Wellington levantou a torcida aos 11, quando recebeu na intermediária, avançou em direção à area e, ainda de longe, arriscou o chute. O atacante ajeitou e fuzilou a rede pelo lado de fora. O chute saiu firme, mas a bola bateu em Carli. O meia bate de primeira e Martín Silva faz boa defesa. Respeito o Botafogo, mas os jovens têm que ser ousados e partir para cima. O meia Wagner sentiu dores no joelho e foi substituído no intervalo por Yago Pikachu. Em vez de chutar, ele matou no peito e deu belo passe por elevação. A bola foi rasteira e acertou a trave esquerda de Gatito Fernández.

Foi um bom ensaio do meia-atacante. Comandado pelo técnico Jair Ventura, o time terá Matheus Fernandes, Marcinho, Airton, Leandrinho, Luis Ricardo, Valencia e Roger como seus desfalques. A bola desvia em Joel Carli e Gatito não consegue pegar. Em campo, porém, a situação pouco mudou: o Botafogo seguiu inoperante e pouco ameaçou Martin Silva.

Após a jogada, o volante Bruno Silva, que ficou irritado com a postura do jogador vascaíno, encostou em Paulo Vitor, que caiu no chão e provocou uma confusão generalizada entre os atletas.

VASCO: Martín Silva, Madson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Wellington, Jean, Mateus Vital, Wágner e Nenê; Thalles.

Botafogo - Gatito Fernandez; Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, João Paulo, Bruno Silva e Marcus Vinícius (Gilson); Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Brenner (Vinicius Tanque).

GOL - Nenê, aos 23 minutos do segundo tempo. Vinicius Goncalves Dias Araujo (SP) apita a partida, auxiliado por Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Herman Brumel Vani (SP).