"Despacito" domina Grammy Latino com quatro prêmios

Trio na noite desta quinta-feira após receber o prêmio

Trio na noite desta quinta-feira após receber o prêmio

Na noite de entrega dos prêmios do 18º Grammy Latino, na quinta-feira (16), teve brasileiro subindo ao palco para receber os prêmios nas categorias de música em língua portuguesa.

O fenómeno de "Despacito", êxito firmado por Luis Fonsi e Daddy Yankee que tem feito história no panorama da música internacional, foi o vencedor dos Grammy Latino, conquistando quatro galardões, incluindo de melhor canção e melhor gravação do ano. "Daddy Yankee, obrigada por se juntar".

O prêmio de melhor álbum de Música Popular Brasileira foi para Edu Lobo, Romero Lubambo e Mauro Senise, por "Dos navegantes".

O talento emergente do dominicano Vicente García valeu-lhe três Grammy Latino, incluindo o prémio de melhor artista revelação.

A canção levou os Grammys de melhor música do ano, melhor gravação, melhor fusão pela versão remixada com Justin Bieber e melhor vídeo em versão curta.

A cantora Mart'nália ganhou o prêmio de melhor álbum de samba/pagode, com "+ Misturado".

Com o prémio de melhor álbum Pop Vocal Contemporâneo ficou a colombiana Shakira por "El Dorado". Já Nando Reis faturou melhor álbum de rock ou música alternativa em língua portuguesa com "Jardim - Pomar".

"Trevo (Tu)", de Ana Caetano & Tiago Iorc, foi distinguida como a melhor canção em língua portuguesa.

Para ver a lista completa de vencedores da 18ª edição do Grammy Latino, clique aqui. Na categoria melhor álbum de música sertaneja, Daniel levou prêmio com o álbum "Daniel", enquanto Aline Barros venceu por melhor álbum de música cristã (língua portuguesa), com "Acenda a sua luz".

Em 2014, o fadista português Carlos do Carmo foi distinguido com um Grammy Latino de Carreira.